Início > Entretenimento > Thundercats

Thundercats

by Domênico

Pois é…

Fiquei sabendo hoje que Thundercats vai voltar. Fui dar uma olhada na internet,  e encontrei duas imagens do novo desenho, e uma entrevista com um dos produtores da nova animação, um tal Ethan Spaulding.

Na entrevista, dada à MTV, o sujeito diz que a equipe antiga parecia muito com um grupo de super-heróis, e que agora, nessa nova versão anime, essa proposta não funcionaria. Sim, porque ficar invisível, ter super-velocidade, ser um lutador de artes-marciais, ter um item mágico ou um aparato com varios bat-truques, definitivamente não são características de super-heróis… Parece mesmo com um grupo de super-sentai*, pra mim! Uhum…

Além disso, eles prometeram uma “mitologia mais simplificada”, o que provavelmente significa que o Jaga provavelmente nunca vai aparecer pro Lion, e que o Mum-rá vai ser só o Plundariano líder. Pra mim isso quer dizer “vamos simplesmente idiotizar a série, pra que possamos fazer histórias bobas todas as semanas e não precisemos nos preocupar com eventos que ocorreram em outros episódios”.

Além da mitologia muito complexa, visual de super-herói e animação ruim, Thundercats também era muito inverossímil, para o atual produtor, já que, de acordo com ele, agora eles usaram armaduras mais “realistas”. Uhum. Tá. Ok. O Phantro usa um mini-colete mais punk que o antigo suspensório (que ao menos tinha utilidade prática), o Tygra usa uma armadura parecida com a do Jaspion, a chitara tem uma bermuta com uma joelheira com uma tira que vai até o pé e isso é mais realista do que o anterior, só porque o Lion usa uma armadura inspirada num peitoral de full-plate inglês -que certamente não vai oferecer nenhum problema na suma movimentação!

Além disso, o anteriormente careca Phantro agora é oficialmente calvo, com costeletas e cabelo atrás da cabeça, além de cicatrizes por todo o corpo, o que faz com que perca o visual de monje/zen pra parecer com um bárbaro com queda de cabelo, o Tygra usa uma pistola em conjunto com seu chicote, porque aparentemente ele era o “mais chato do desenho anterior” e uma pistola vai mudar isso!

É até estranho que um desenho com tantas falhas – inverossímil, personagens chatos, roupas pobres, animação ruim, mitologia complexa demais – tenha conseguido fazer tanto sucesso. Tanto sucesso que vai até ser refeito! Mas tudo bem. Não precisamos nos preocupar, porque o produtor Michael Jelenic (que também é responsável pelo Batmam psicólogo da liga da justiça, bom garoto de plantão de Batmam: The Brave and the Bold) vai consertar todos os defeitos da série, pra que ela se torne uma série boa de assitir!

*Super-sentai, pra quem não sabe, é como os jamponeses chamam aqueles grupos de personagens com uniformes iguais e cores diferentes, como os power rangers, por exemplo.

Anúncios
  1. 28/01/2011 às 13:30

    Pois é… Se não é a China é o Japão que invade nossa cultura. Eu li a respeito disso esses dias e fiquei com aquele mesmo sentimento de quando vi Fúria de Titãs. Acho que, para muitos, a criatividade acabou, por isso têm que fazer remake de tudo.
    Já que acabaram com Thundercats, nos resta torcer por não se lembrarem dos Sctaurs. Alguém lembra?

    • 28/01/2011 às 13:46

      Eu lembro das propagandas de brinquedos desse desenho “Sectaurs do planeta Symbion”, onde experiências científicas uniram pessoas, animais e insetos.
      Mas o desenho mesmo, nunca assisti.
      Bolas…

    • 29/01/2011 às 01:51

      Eu tinha todos os bonecos dos Sectars, e adorava o visual dos bonecos! Eventualmente, acabei indo atrás do desenho original, assistí todo, e achei bem divertido.
      Mas não tenho muita esperança… Eventualmente, quando acabarem de estragar todos os desenhos “top”, eles vão atacar os desenhos mais desconhecidos, e os Sectars tem um excelente background pra ser destruído…

  2. 28/01/2011 às 13:41

    Eu adorava o desenho original até surgirem aqueles Lunataks idiotas e os novos Thundercats (Pumaira, Bengali e Lynx), aí descambou de vez.
    Esse desenho novo parece ter sido feito para aproveitar essa modinha ridícula e insuportável de animes debilóides feitos para “quem curte cultura japonesa”.
    Acredito sinceramente que não vai prestar.

    • 28/01/2011 às 13:57

      Eu curtia os novos Thundercats, mas não os idiotas Lunataks. Achei interessante terem encontrado outros sobreviventes. Essa sacada também foi usada nos Ursinhos Gummy, que volta e meia descobriam vestígios de uma civilização perdida.

    • 29/01/2011 às 01:55

      Eu gostava mais dos três personagens novos do que dos originais! Achava a Pumyra mais “gatinha” que a Chitara, o Lynx parecia mais com um líder de equipe, e o Bengali, além de ser um tigre branco e ter um uniforme bacanudo, usava um martelo que atirava raios! Um martelo! Muito mais legal do que as armas dos outros thundercats!
      Mas, em relação aos vilões, os Lunatics eram ridículos, principalmente comparando com os Plundarianos e com o Mum-Rá!

  3. Duda Ferreira
    02/02/2011 às 20:11

    Lá vou eu bancar o advogado do diabo…

    Não podemos nos esquecer que o desenho original era um anime disfarçado, já que TODA a equipe de animadores era japonesa. Foi essa abordagem na animação que tornou a série clássica. Ainda é cedo pra condenar o desenho. O visual dos novos uniformes ficou interessante, acho que não atrapalha.
    Recordo que quando anunciaram a modernização do desenho do He-Man, muitos torceram o nariz, ao se lembrarem d”As Novas Aventuras do He-Man” dos anos 90, que era extremamente tosco. Ao ver o resultado, posso afirmar que a última versão de “Masters of the Universe era bem superior em roteiros e prerrogativas.
    Que venham os novos Thundercats, pra serem apedrejados… ou não.

  4. 07/02/2011 às 10:52

    Pelo menos a Chetara ganhou uma bermudinha agora… Mais pudor, né?

  5. Fábio
    28/02/2011 às 15:10

    Concordo com o Duda, o Thundercats original era sim um anime disfarçado, então cuidado ao reclamar de inspirações japonesas.
    O novo pode realmente ser uma baita de uma bomba, mas sem assistir não acho certo condenar.

    • 02/03/2011 às 12:50

      (suspiro)

      Sim, minha gente, eu sei que o antigo tinha uma equipe de ANIMAÇÃO que era japonesa. Mas o ROTEIRO era muitíssimo americano, obrigado! Esse provavelmente também seja americano, ou talvez seja “misto”, com dedinhos japoneses hiperativos trabalhando junto, mas ele tem por objetivo ter um roteiro típico de anime. O visual do desenho mostra isso. Antes, todos sabiam que o Phantro era o cara nas artes marciais, mais forte do que os outros. Mas eles eram todos do mesmo tamanho, mesma compleição física. Nessa versão, pra deixar claro pros retardados que assistem desenho japonês que ele é o mais forte de todos, eles fizeram ele do tamanho do Hulk – tá, ok, menos massa muscular, porque desenhista de mangá não sabe desenhar músculo; Zanguief, pode ser?

      Ou seja, é um mangá, com todas as típicas mangalíces que os mangalóides precisam ver em um desenho. Sem sutilezas, sem sub-entendidos.

      Além disso, eu falei mal dos produtores do desenho, e do visual do desenho, que foram as duas coisas que eu pude analizar – um cara que produz um desenho sobre a base de um “desenho chato e complexo demais” pra mim já começa mal a nova empreitada!

      E o visual tá alí, pra todo mundo ver!

      Eu AINDA não falei mal do desenho, porque AINDA não assisti nada.

  6. Fábio
    28/02/2011 às 21:58

    Acabei de achar um trailer da série nova http://www.youtube.com/watch?v=rWrh1axPj0M

    Tem potencial.

  1. No trackbacks yet.

O que você achou?

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: