Início > Ciências > Incríveis e misteriosos objetos antigos – parte 2

Incríveis e misteriosos objetos antigos – parte 2

Por Rafael

Resolvi fazer uma sequencia do meu primeiro post sobre objetos estranhos encontrados. Sei que há muita fraude, principalmente nos dias de hoje, mas ainda existe muita coisa mal explicada por aí. Quando fiz a primeira pesquisa, deixei muita coisa pra trás. Alguns objetos que trago agora tirei de uma coleção de fascículos que fiz na infância, chamada Descobrir.

Esferas riscadas

Em 1930 foram encoradas na África do Sul diversas esfera metálicas de 2 a 3 cm de diâmetro, contendo 3 riscos paralelos em torno. Até aí tudo bem, se não fosse o estudo da composição do objeto e a datação através do carbono 14. As esferas eram feitas de diversos tipos de metais, ou até ligas metálicas e datavam do período pré-cambriano.

Pedras Inca

 

Também na década de 30, o antropólogo Dr. Cabrera (pai do também antropólogo Javier Cabrera) centenas de pedras ornamentadas nos túmulos de diversas tribos incas. Javier seguiu o trabalho do pai e, juntos, já encontraram mais de 1100 pedras, que datam entre 500 e 1500 anos. As pedras possuem desenhos, geralmente sexuais, comuns à cultura inca, mas também revelam cenas de cirurgia cardíaca e cerebral. Como se já não bastasse, algumas pedras ainda têm representações de dinossauros! Sim, dinossauros, como brontossauros, tricerátops, estegossauros e pterossauros.

O livro de Oera Linda

O controverso manuscrito relata uma Europa matriarcal, governada por sacerdotizas celibatárias seguidoras da deusa Frida, filha de Wr-alda e Irtha. O manuscrito abrange temas religiosos, mitologia e forma de governo. O livro, teoricamente escrito em um alfabeto ancestral ao alfabeto grego a ao fenício. A única cópia conhecida data de 1256, mas o original teria sido escrito por várias pessoas entre 2194 AC e 803 DC.

Pedras Dropa

Em uma expedição, em 1930, um arqueólogo descobriu, na China, umas cavernas que foram ocupadas por alguma cultura antiga. Nas cavernas encontrou centenas de discos de pedra, com furos no centro, onde estavam gravadas espirais, como se fossem discos de vinil. Em cada espiral existe centenas de hieróglifos representando foguetes, naves espaciais e seus tripulantes. As pedras datavam  de 10 a 12 mil anos atrás.

Anúncios
  1. Fábio
    10/04/2011 às 20:28

    Genial, adoro esse tema! Ainda tens a coleção Descobrir? Pode emprestar?

  1. 04/07/2012 às 08:26

O que você achou?

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: