Início > Entretenimento > Estes Acrobáticos Malucos e Suas Máquinas Maravilhosas

Estes Acrobáticos Malucos e Suas Máquinas Maravilhosas

Um dos períodos que mais admiro do cinema são os anos 20.

Nesta década, vemos a linguagem como conhecemos hoje, se consolidar e convenhamos, uma década que teve o cinema expressionista alemão é muito, mas muito difícil de superar.

Nesta década também, Chaplin começava O Garoto, e Em Busca do Ouro, duas obras-primas que levariam posteriormente a Luzes na Cidade, Tempos Modernos e O Grande Ditador que dispensam comentários.

Foi também a década de mais duas obras-primas, A General de Buster Keaton e Safety Last, de Harold Llyod.

 

Buster Keaton

 

 

Keaton extraía sua comicidade de seu rosto impassível. Não importa quão surreais as coisas ficassem à sua volta, seu rosto nunca se modificava.

Mais do que isso, Keaton era um mímico verdadeiramente genial, agílimo, onde cada gag era cuidadosamente estudada e coreografada, sempre com resultados impressionantes.

Há pouco tempo o Telecine Cult exibiu um ciclo de filmes dele, acabei olhando pela curiosidade fiquei maravilhado. Seu trabalho pode até não ter a amplitude humana da obra de Chaplin, mas é humor de primeira linha, veloz, refinado, elegante e realmente impressionante.

Não por acaso, um de seus maiores fãs, Jackie Chan, seguido lhe rende homenagem imitando cenas e coreografias de seus filmes.

Abaixo, um trecho de A General, de 1927, observe, primeiro pelo humor agudo das sequências, depois, pela imensa complexidade técnica que ela envolve, e finalmente, pela agilidade e domínio corporal de Keaton.

Incrível.

 

 

 

Safety Last

 

Já Safety Last, de Harold Lloyd, embora ele não tenha o mesmo requinte cênico de Buster ou o humanismo de Chaplin, suas cenas são de arrepiar.

Observem a sequência da escalada vertical do edifício e tenham em mente que isto era feito em 1923 e sem dublês.

Esta sequência foi homenageada em 1985 por Robert Zemecks na inesquecível sequência final de De Volta Para o Futuro, onde Emmett Brown tenta puxar o fio até a torre do mercado.

 

 

Abaixo, dois vídeos dos Keystone Cops e um trecho de Zorro, com Douglas Fairbanks, observem o dinamismo das sequências. Após mais de 100 anos de cinema, com toda a computação gráfica a nosso dispor, não temos nada tão verdadeiramente impressionante quanto isto.

 

 

 

 

Existe um grande acervo de filmes da virada do século retrasado no Youtube, vale muito a pena se despir do preconceito e observar a pura técnica, a habilidade e inventividade destes velhos mestres.

Se uma coisa existe de bom na Internet, é a facilidade de resgatar o passado e não deixar que toda esta magia caia no esquecimento.

Anúncios
Categorias:Entretenimento
  1. Nenhum comentário ainda.
  1. No trackbacks yet.

O que você achou?

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: