Início > Entretenimento > Monstro

Monstro

Castelo Frankenstein, em uma noite tempestuosa de um passado longínquo.

– ÍGOR!

– Sim, Mestre?

– Prepare a girândola tríctica e a destriveladora coaxial! Será esta noite que nossa criatura ganhará VIIIIDAAAAA!!!! HÁ, HÁ, HÁ, HÁ, HÁ!

– Sim, Mestre.

– Sua empolgação é contagiante sabia, Ígor? Vou me vingar de todos que disseram que eu estava louco. Eu, Dr. Victor Von Frankenstein, LOUCO? Pode acreditar que disseram isso, Ígor?

– Sim, Mestre.

– Você disse isso porque concorda que estou louco ou porque gosta de dizer “Sim, Mestre”?

– Eu…

– NÃO IMPORTA! Hoje eu romperei com os grilhões que prendem a Humanidade aos desmandos ignóbeis da ética e do medo primordial de ascendermos ao próximo estágio de evolução intelectual! Me tornarei…

– Alguém que não deixarão entrar nem em batizado de sobrinho de prefeito, Mestre?

– Bem… Isto também, caro servo. O preço da genialidade é a eterna inveja dos talentosamente menos favorecidos, sabia? Não, óbvio que não. E você me fez lembrar os aldeões tacanhos e irascíveis que vez por outra vem até o meu bucólico e inofensivo refúgio intelectual com suas tochas, forcados, enxadas e outros utensílios domésticos inapropriadamente utilizados com o intuito de me desferirem danos anatômicos de natureza irreversível até mesmo para mim. Sabia que uma vez eu vi até um deles me ameaçar com uma tábua de cortar queijo? Que coisa, não?

– Sim, Mestre.

– Eles aparecem aqui para me interromper em meses intercalados… Acredito que isto ocorra porque deve ser o tempo que leva para conseguirem se livrar do cheiro daquele grude amorfo que você chama de “ensopado” que jogo neles, Ígor. Tolos ignóbeis. Eu me pergunto quem, QUEM teria autoridade suficiente para mandar naquele que pode abalar os alicerces de milhares de anos de evolução humana, ahn?

– Sua… Amada mãezinha, Mestre?

– Em teoria, sim, Ígor. Mas esta foi apenas uma pergunta retórica fruto de minha pressuposta, incompreendida e saudável megalomania. Mas estou divagando mais do que o normal… Normal? Há! Como se esta palavra vã tivesse algum significado nesta sala… ÍGOR! IONIZAÇÃO ENERGÍSTICA MÁXIMA! AGORA!

DDDDZZZZZTTTTTT!

O corpo da Criatura é tomado por descargas elétricas incandescentes. Após a luminosidade desaparecer, ela relutantemente abre os olhos e murmura:

– Uuuughhhh…

Ígor cautelosamente se aproxima dela e pergunta:

– Sim, Monstro?

– Uuuughhhh…

– Sim, Monstro?

– E essa agora? Acabo de inadvertidamente criar o moto-perpétuo… Morra de inveja, Leonardo Da Vinci. Ai, ai… Se esta Criatura for um fracasso, pelo menos poderei usá-la para afugentar os aldeões de vez. Onde é que já se viu classes baixas se rebelando contra seus mandantes? Eles acham que aqui é o quê? A França? E a Revolução Francesa foi no século passado. E quem vive de passado é museu. Museu e minha Criatura, feita de pedaços exumados de corpos dos… Aaahh… Deve ser por isso que eles me importunam tanto, por eu, aham, o Ígor roubar partes dos corpos de seus entes queridos. Bem que eu imaginava que eles não eram inteligentes o bastante para reconhecerem meu gênio e minha obra. Vai ser interessante – e até irônico – ver a Criatura perseguir os pobres camponeses, já que dizem que o passado sempre volta para nos assombrar.

– Uuuughhhh…

– Sim, Monstro?

– Eu não mereço… Pensando bem, acho que mereço sim.

Anúncios
  1. 18/06/2012 às 11:01

    Excelente, Jax! Esse foi pro meu top 5 dos teus contos. E a imagem que retrata a cena não podia ser melhor. Fiquei imaginando essa cena no lugar da original… Bem melhor!

    • 18/06/2012 às 17:11

      Valeu, chefia, se bem que esse diálogo ficou mais pra um monólogo de auto-adoração megalomaníaca.
      A imagem é do Gene Wilder, do filme O Jovem Frankenstein, de 74, do Mel Brooks, que combinou bem com o texto.

  1. 17/07/2012 às 08:20

O que você achou?

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: