Início > Entretenimento > Países, paisagens e palavras

Países, paisagens e palavras

gato de alice

– Olá, menina! Está perdida? Quero dizer, todos estamos, mas você parece estar mais do que o normal…

– Ah, sim, estou sim, sr. Gato. E me chamo Alice. Eu estava seguindo um Coelho Branco no quintal de minha casa, mas caí em um buraco e acabei me perdendo. E este lugar me parece tão normal quanto uma árvore bailarina, sabia?

– Árvore bailarina? Que disparate, cara Alice. Como isso seria possível, ora essa?

– Sim, eu sei que…

– Estamos no mês de Dormitante, o que significa que elas estão hibernando. Você é louca, sabia?

– Acredito que não, sr. Gato. Pelo menos, não o tempo inteiro…

– E pode ter certeza disso?

– Não nesse lugar!

– E porque diz isso?

– Porque desde que cheguei aqui eu diminui e aumentei de tamanho mais rápido do que um fole sendo acionado por um pistão de motor a vapor e conversei com objetos e animais que, além de falar, possuem a lógica de um relógio com urticária!

– E o que tem de mais em se possuir uma lógica própria? E em seu país você não fala com os bichos?

– Falo sim, sr..

– E então, isso não é loucura, minha cara?

– Seria loucura se eles respondessem, oras!

– Acha mesmo? Mas que pena. Acho que os habitantes de seu país poderiam aprender muito se pudessem conversar com seus amigos animais. Sempre é bom podermos conversar com alguém que possui um ponto de vista diferente do nosso, sabia? Mesmo que isso não nos torne menos loucos, é uma experiência tão válida quanto assistir corrida de moscavalos. Creio que quando você crescer mais um pouco conseguirá aprender isso. Ou talvez, desaprender.

– Ah, não, basta de crescer por algum tempo, sim? E já tive diversos pontos de vista diferentes vindos de mim mesma hoje, pode entender isso?

– Impossivelmente. Mas como é que você pode saber o que é ou não normal, ahn?

– Bem… Acho que o normal é fazer algo que todos fazem, sem parecer ridículo e nem insensato.

– Mesmo? Então se todos usassem gorros em seus narizes, você também usaria?

– E porque fariam isso?

– Para prevenir resfriado!

– Ora, mas que disparate, sr. Gato! Vai me dizer que já fez isso antes?

– Mas é óbvio que não, menina!

– Sim, porque…

– Meu nariz é do tamanho da paciência da Rainha de Copas! Eu nunca encontraria um gorro que coubesse nele! Mas, pensando bem, nunca procurei…

– Ora, ora, acabou de me convencer de que é mesmo louco, sr. Gato, e…

– E você também é, para poder conversar comigo!

– Pode até ser que isso seja possível, sr. Não faço ideia de quem seja a Rainha de Copas e tenho de arranjar um jeito de voltar ao meu país, a Inglaterra, que fica acima deste…

– Acima, mas nunca acima, menina! E é bem provável que acabe conhecendo a Rainha e todo o seu atrapalhadulador séquito. E se seguir por este caminho, chegará até a casa da Lebre de Março e do Chapeleiro Louco que, como o próprio nome diz…

– É tão louco quanto um jornaleiro com alergia a tinta?

– Certamente, minha singularticulada jovem.

– Bem, depois de mais esta conversa – aparentemente – sem muito sentido, será um pouco mais fácil conversar com outros habitantes daqui, se bem que não gosto muito de encontrar pessoas loucas.

– Como se você tivesse alguma escolha, minha jovem…

Anúncios
  1. 21/05/2013 às 19:58

    Impossivelmente alguém possa ler teus textos e não gostar, Jax! Eu adoro Alice no País das Maravilhas, acho incrível a sutileza que cada frase, nome e local tem. A história toda é uma grande sátira à sociedade inglesa da época, junto com diversos dilemas sociais e hormonais que as meninas e meninos que o autor estudava passavam.
    O fato de a Alice crescer e diminuir de tamanho incontrolavelmente e se irritar com isso nada mais é que o crescimento e desenvolvimento do corpo das meninas na puberdade.
    O chapeleiro maluco é maluco, pois muitos trabalhadores de fábricas de chapéus ficavam loucos de tanto cheirar cola, causando um grande problema pra “previdência” da época, pois sem uma legislação que punisse as fábricas.
    Enfim, muito legal teu texto e o diálogo. Ficou bem no padrão do livro: hilário e inteligente.

  1. No trackbacks yet.

O que você achou?

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: