Arquivo

Posts Tagged ‘Frankenstein’

Monstro

13/06/2012 3 comentários

Leia mais…

Anúncios

Frankenstein

04/02/2012 3 comentários

Essa vai ser rápida.

Alguns dias atrás li Frankenstein. O livro não é grande, mas a leitura um pouco lenta.

Já ouvi falarem tanto muito bem sobre a obra, quanto muito mal. Minha opinião acabou ficando em um meio termo, porém tendendo para o lado bom.

O problema do livro é que Mary Shelley perde muito espaço descrevendo e comentando coisas desnecessárias. Os personagens passam por vários locais, mas na maioria não ocorre nada em particular.

Além disso, o doutor Frankenstein passa a maior parte da novela deprimido e pensando sobre como ele é um desgraçado por ter criando o monstro.

Se ela tivesse reduzido esses trechos pela metade, eu teria achado o livro ótimo.

Mas com certeza ao contrário do que muita gente pensa ele não é de terror, pelo menos não para os padrões atuais. É uma novela gótica e com certeza abusa bastante do aspecto melodramático do gênero, mas de assustador não tem nada.

Talvez antigamente o pessoal fosse mais cagado que hoje em dia, ou talvez nós que estejamos mais insensíveis.

Uma curiosidade é que assim como com muitos outros clássicos, os filmes fazem a gente ter visões sobres essas obras que não condizem com a realidade.

Não há no Frankenstein nenhuma menção sobre como o monstro é construído, nada de pedaços de corpos ou relâmpagos caindo.

Categorias:Artes Tags:,

Horrores Maravilhosos 03

17/09/2011 4 comentários

Dando continuidade a série começada aqui e aqui, vamos ao segundo personagem mais prostituído das histórias de horror, o monstro de Frankenstein!

Nesse quesito ele só perde para a putinha do Drácula.

Sério, esses dois já foram usados e abusados de todas as formas possíveis, incontáveis vezes e em todas as mídias.

Na Marvel ele teve sua estréia no ano de 1969 nas páginas de Silver Surfer 07, em um flashback na história “The Heir of Frankenstein”. Leia mais…

Frankenstein e a revolução industrial

03/08/2009 13 comentários

Por Rafael

FrankensteinO livro Frankenstein: ou o Moderno Prometeu, foi escrito pela britânica Mary Shelley em 1817, aos seus 19 anos. Mary Wollstonecraft (nome de solteira, antes de casar com Percy Shelley), Percy Shelley, Lord Byron e John Polidori criaram um desafio onde cada um deveria inventar uma história de terror. Da brincadeira surgiu o Frankenstein de Mary; Polidori inventou um vampiro que depois inspirou Lord Byron a escrever The Vampire, que inspirou Bram Stoker a escrever Dracula.

Frankenstein, na verdade, não é o nome da criatura, mas sim do criador. Na história, ele é chamado de adjetivos como “mostro” ou “criatura”. A história é cheia de referências e são fortes as influências que levaram a jovem escritora a desenvolvê-la.

Leia mais…