Arquivo

Posts Tagged ‘natureza’

Man

Anúncios

Um lobo não tão mau assim

05/06/2012 2 comentários

Projeto arquitetônico conceitual

31/01/2012 2 comentários

Um arquiteto holandês projetou a Sea Tree (árvore marinha), uma estrutura de cerca de 30 metros de altura, que tem por objetivo servir de refúgio para animais marinhos, plantas e pássaros.

“Quanto mais construímos, mais deslocamos a flora e a fauna”, justificou o arquiteto J. Koen Olthuis. Daí a ideia de construir algo destinado apenas a animais e plantas. “Há pouco espaço nas cidades grandes, mas ainda podemos aproveitar a água”, disse à BBC Brasil.

A estrutura do projeto é semelhante à de uma usada para construir plataformas de petróleo no mar, mas serve para grandes rios e lagos urbanos. O custo, estima, é de cerca de US$ 9 milhões (R$ 16 milhões), “mas estamos tentando barateá-lo”.

Olthuis argumenta que projetos como esse podem aumentar a fauna e flora das cidades grandes, ajudar a limpar rios poluídos e absorver a água da chuva.

Tiramos os animais do planeta e os colocamos em estruturas artificiais?

Leia mais…

Aventureiros de Verdade!

23/11/2009 5 comentários

Por Fábio

Muitos de nós nerds já ficamos horas imaginando como seria ser um aventureiro, percorrendo trilhas pelas florestas e enfrentando a natureza em busca do grande prêmio, que às vezes é a simples sobrevivência.

Imaginem a minha supressa ao descobrir que no mundo fora dos RPGs existem aventureiros reais, sim, pessoas formalmente intituladas Aventureiros e qualquer pessoa pode se tornar um deles!!!

Leia mais…

Frankenstein e a revolução industrial

03/08/2009 13 comentários

Por Rafael

FrankensteinO livro Frankenstein: ou o Moderno Prometeu, foi escrito pela britânica Mary Shelley em 1817, aos seus 19 anos. Mary Wollstonecraft (nome de solteira, antes de casar com Percy Shelley), Percy Shelley, Lord Byron e John Polidori criaram um desafio onde cada um deveria inventar uma história de terror. Da brincadeira surgiu o Frankenstein de Mary; Polidori inventou um vampiro que depois inspirou Lord Byron a escrever The Vampire, que inspirou Bram Stoker a escrever Dracula.

Frankenstein, na verdade, não é o nome da criatura, mas sim do criador. Na história, ele é chamado de adjetivos como “mostro” ou “criatura”. A história é cheia de referências e são fortes as influências que levaram a jovem escritora a desenvolvê-la.

Leia mais…