Arquivo

Posts Tagged ‘Neil Gaiman’

A divertida arte de Skottie Young

O estilo caricato, leve e ágil de Skottie Young faz dele um ilustrador perfeito para dar vida a histórias infantis ou versões infantilizadas de personagens adultos.

spider_man_and_venom_birthday_by_skottieyoung-d5cpujt Leia mais…

8in8

Uma coisa miúda. Uma música no google+. Me fez ficar triste e satisfeito, ao mesmo tempo. Me contou uma mentira bem-vinda, ou uma verdade incompleta. Apesar de não ser uma música pra mim, me fez sentir bastante. Coisa estranha, essa tal de música.

Mas deixando as divagações de lado – coisa difícil pra mim…

O fato é que resolvi descobrir quem tinha feito a tal música. Foi bem fácil achar. Um grupo chamado 8in8. Nunca tinha ouvido falar. Fui pesquisar, e descobri que a Amanda Palmer cantava no grupo. Amanda Palmer do Dresden Dolls. Esposa de um sujeito chamado Neil Gaiman, conhecem?

Pois é, e esse cara também é um dos integrantes do 8in8.

Mas o que realmente me impressionou foi a história da banda.

Em 25 de abril de 2011, Ben Folds, Damian Kulash, Amanda Palmer e Neil Gaiman se trancaram em um estúdio com a singela idéia de produzir 8 músicas em 8 horas. Compor, tocar, cantar e mixar um álbum em 8 horas!

As confabulações dos quatro foi divulgada via webcam e eles pediam ajuda e opinião sobre as músicas em tempo real. No fim de pouco mais de 8 horas, eles saíram do estúdio com um álbum chamado Nighty Night, composto por seis faixas absolutamente maravilhosas – uma delas cantada pelo Neil Gaiman, que ao meu ver se saiu muitíssimo bem nessa nova empreitada!

O álbum foi lançado oficialmente no dia seguinte (26 de abril), tem pouco mais de 18 minutos de duração e pode ser ouvido no site da Amanda Palmer, ou donaldeado por 1 dolar (ou mais). O dinheiro levantado com a venda do álbum vai ser direcionado para um programa de inspiração de crianças nos EUA.

Vao lá conferir isso, nerds de plantão! E aproveitem pra catar alguma coisa de Dresden Dolls, a banda da amanda Palmer!

E não, eu não sei colocar tarjas descritivas nas imagens.

Lugar Nenhum, de Neil Gaiman

17/03/2011 5 comentários

Por Jacques

Este livro da Editora Conrad é tão divertido e bem bolado que já teve sua versão em série de tv e em quadrinhos (pela Vertigo); o que não é de se surpreender, já que aqui Neil Richard Gaiman mostra porque chegou onde chegou.

Esta é a história de Richard Mayhew, um normalóide londrino que, um belo dia, ajuda uma garota estranha, dando-lhe refúgio temporário em seu apartamento.

Essa jovem possui um nome tão estranho quanto ela, Porta.

Seu nome vem do fato de ela ter o poder (ou “dom”) de abrir portais para qualquer lugar que deseje; e ela vem da chamada “Londres de Baixo”, que fica situada embaixo de Londres e dá nome ao livro.

Leia mais…

1602 – A estreia de Neil Gaiman na Marvel

06/01/2010 2 comentários

Por Jacques

O escritor inglês Neil Gaiman, que tem diversas obras traduzidas para o português, entre elas Deuses AmericanosFumaça e EspelhosStardustBelas MaldiçõesCoisas FrágeisLugar NenhumCoraline (que se tornou uma ótima animação dirigida por Henry Selick) e Os Filhos de Anansi, é conhecido por criar mundos estranhos e fantásticos e personagens incomuns que estão à uma parede de distância.

E é com esta visão insólita e original que ele nos mostra como seria a sua versão do Universo Marvel no ano de 1602.

Leia mais…