Archive

Posts Tagged ‘terror’

Uivo Sufocado – Parte 06

Acabei o conto. Pelo menos por um tempo 😛

Vejam o começo: parte 01, parte 02, parte 03, parte 04 e parte 05.

___________________________________________

Apoio inesperado

Sem saber ao certo se o tal Gabriel iria respeitar o prazo de uma noite. Juntei algumas mudas de roupa e outros pertences, subi na bicicleta e me mandei para o covil da colônia a mais de sessenta quilômetros por hora.

A forma que o alfa disse que não haveria problema com a polícia pela morte de Débora deixou claro que ele devia ter influência. Talvez o suficiente para mandar rastrear meu celular, por via das duvidas desliguei ele. Leia mais…

Uivo Sufocado – Parte 04

15/11/2011 6 comentários

Veja o começo: parte 01, parte 02 e parte 03. Leia mais…

American Horror Story

09/11/2011 3 comentários

Uivo Sufocado – Parte 2

07/10/2011 4 comentários

Dando continuidade no meu conto iniciado aqui, vamos a mais um trecho da saga de Marcelo Ulv.

__________________________________________

O velho novo lar

Quando deixei o apartamento que até então havia chamado de meu já tinha destino definido, a velha casa dos meus pais.

Minha mãe que se chamava Elisabete e foi professora de matemática quase a vida toda, chegou a ser considerada uma solteirona, mas aos trinta anos para alívio dos meus avôs maternos ela finalmente se casou.

O homem de sorte foi Carlos, um pedreiro e padeiro de 53 anos, também conhecido como meu pai.

Aparentemente eu não estava muito disposto a vir ao mundo, eles tentaram ter filhos por cinco anos até que conseguiram me convencer a colaborar.

Nossa casa foi construída pelo meu velho, ao longo dos dois primeiros anos deles juntos. Meu pai sempre morou em chalés, foi minha mãe que teve que fazer ele, um pedreiro, tomar vergonha na cara e construir uma residência de alvenaria. Leia mais…

Uivo Sufocado

01/10/2011 5 comentários

Fazia horas que estava para começar a trabalhar em um novo conto, talvez até uma pequena novela.

Ontem me empolguei um pouco e escrevi algumas páginas, a principio acho que algo entre um quarto e um terço do futuro volume total da obra.

Como não posso garantir quando vou conseguir escrever o resto resolvi já publicar essa primeira parte.

Ainda não bati o martelo em relação ao título, mas pretendo me resolver em breve.

Então sem mais delongas com vocês:

Uivo Sufocado

Quem eu sou?

Meu nome é Marcelo Ulv e sou, digamos assim, peculiar!

Entretanto até pouco tempo atrás era apenas mais um ninguém. Sempre fui muito retraído, além disso, as pessoas sempre tenderam a me ignorar, perdi a conta de quantas vezes esqueceram-se de contar comigo na escola, faculdade e trabalho, mesmo meus poucos amigos às vezes esqueciam-se de me convidar para as coisas.

Apesar do sobrenome norueguês, não era nenhum viking. De físico, estatura e aparência medianos, não me destacava por nada, nem positivamente nem negativamente. Os olhos e cabelo castanhos apenas contribuíam para meu o look indistinto. Leia mais…

Horrores Maravilhosos 04

29/09/2011 3 comentários

Com apenas uma semana de atraso chegamos ao quarto artigo da série Horrores Maravilhosos.

Os recém chegados podem conferir a parte 1, a parte 2 e a parte 3, clicando nos links inseridos muito inteligentemente nessa frase genial e revolucionária.

Aos milhões de leitores que se perguntaram o porquê de meu atraso e me enviaram inúmeros e-mails exigindo o retorno desse trabalho, só posso dizer…

Parem de me encher o saco!

Sei que vocês são apena fruto da minha imaginação e vocês não podem me ferir sem colocar sua própria sobrevivência em risco!

Isso mesmo! Você estão a minha mercê!!!!!

BUAHUAUAHUAHAUHAUHUAHUAHAUHAU!!!!

Qual era mesmo o assunto??

Há!

O astro dessa semana é N’Kantu, a múmia viva! Leia mais…

Horrores Maravilhosos 03

17/09/2011 4 comentários

Dando continuidade a série começada aqui e aqui, vamos ao segundo personagem mais prostituído das histórias de horror, o monstro de Frankenstein!

Nesse quesito ele só perde para a putinha do Drácula.

Sério, esses dois já foram usados e abusados de todas as formas possíveis, incontáveis vezes e em todas as mídias.

Na Marvel ele teve sua estréia no ano de 1969 nas páginas de Silver Surfer 07, em um flashback na história “The Heir of Frankenstein”. Leia mais…